domingo, 5 de julho de 2009

Apenas Mais Uma De Amor


Eu gosto tanto de você Que até prefiro esconder Deixo assim ficar Subentendido Como uma idéia que existe na cabeça E não tem a menor obrigação de acontecer Eu acho tão bonito isso De ser abstrato baby A beleza é mesmo tão fugaz É uma idéia que existe na cabeça E não tem a menor pretensão de acontecer Pode até parecer fraqueza Pois que seja fraqueza então, A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber Eu gosto tanto de você Que até prefiro esconder Deixo assim ficar Subentendido Como uma idéia que existe na cabeça E não tem a menor obrigação de acontecer Pode até parecer fraqueza Pois que seja fraqueza então, A alegria que me dá Isso vai sem eu dizer Se amanhã não for nada disso Caberá só a mim esquecer E eu vou sobreviver... O que eu ganho, o que eu perco Ninguém precisa saber

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Felicidade


E hoje eu me liberto para um novo mundo, onde as minhas tristezas e frustrações não poderiam aparecer.Onde não permitirei que as coisas fiquem ruins. Vejo que perdi muito tempo ao me prender no passado. Agora apenas quero curtir essa nova fase da minha vida.Uma fase de evolução sentimental e racional, talvez eu me torne mais fria que antes, mais insensível que nunca.Não culpo ninguém que tenha aparecido nos últimos tempos e muito menos quem esteve em meu passado, a culpa foi minha, em meu modo de nunca demonstrar o que sinto e esperar demais dos outros. Hoje corro atrás de meus sonhos e idealizações, quero chegar aonde desejei chegar. Quero curtir meus amigos e família muito mais que antes. Quero me entregar aos estudos e esquecer certas coisas. Hoje eu escolhi ser Feliz!